A responsável pela Secretaria Municipal de Assistência Social de Pinhalzinho, Ivone Orso, participou juntou com outros gestores e técnicos da Assistência Social representando a região da Associação dos Municípios do Oeste de Santa Catarina (Amosc) no X Seminário Estadual de Gestores e Trabalhadores na Política de Assistência Social, realizado em Florianópolis, nos dias 29 a 31 de maio. 


O evento teve como objetivo possibilitar aos gestores e trabalhadores da política de Assistência Social a atualização dos temas pertinentes a implementação e qualificação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). 


Na oportunidade foi realizada a reunião do Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social (Coegemas) e Comissão Intergestores Bipartite (CIB), onde gestores dialogaram sobre assuntos de interesse da Política de Assistência Social, em especial cofinanciamento estadual para o ano de 2019 e os atrasos nos repasses de recursos federais para execução das ações nos municípios. 


Não houve pactuação dos valores a serem repassados pelo Estado em 2019, tendo em vista que a proposta apresentada pela Secretária Estadual de Assistência Social, Maria Elisa da Silveira de Caro, ficou muito aquém dos valores mínimos necessários para os serviços executados nos municípios.  Há uma inquietude por parte dos gestores municipais de Assistência Social, os quais tem que dar conta de uma crescente demanda de atendimento que bate a sua porta diariamente com poucos recursos, tendo em vista os atrasos dos repasses do governo federal e Estadual. Além de não ocorrerem de forma regular e contínua, os repasses do governo Estadual vem sofrendo redução de valores no decorrer dos últimos anos.  


Para a próxima reunião da CIB que acontecerá ainda no mês de junho, foi solicitado ao Estado realização um estudo e este deverá apresentar uma nova proposta de cofinanciamento com alteração de valores para pactuação.