Na terça-feira (09) foi realizada uma reunião sobre políticas para atendimento aos idosos, com representantes da Associação dos Municípios do Oeste de Santa Catarina (Amosc). 


Assistente Social da Amosc, Marlete Bruschi Weschenfelder, que ministrou o encontro, destacou que o objetivo é a reestruturação da pessoa idosa dos municípios da região da Amosc, visando o atendimento a todos os idosos do município enquanto política pública. “Que o município tenha um olhar, uma atenção especial com esses idosos, voltadas a todas as políticas públicas, como educação, saúde, cultura, lazer, esporte, assistência, com atividades voltadas observando as especificidades da pessoa idosa e com atendimento a todas as dimensões e principalmente na sua localidade, com atividades em todas as áreas”, aponta.


Pinhalzinho tem 20 grupos de idosos no município e nem todos os idosos participam das atividades dos grupos. O município fará um diagnóstico para levantar qual é a demanda, a necessidade e o número de pessoas idosas de Pinhalzinho, para proporcionar um atendimento com qualidade e diferenciado.


No mesmo encontro, a secretária de Assistência Social, Ivone Orso, apresentou um programa de qualificação profissional às famílias atendidas nos serviços sócios assistenciais.  


A Secretaria de Assistência Social, por meio das equipes do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) buscaram experiências inovadoras nos municípios da região e do Estado que trabalham a questão da qualificação do desenvolvimento profissional. “Há uma necessidade muito grande nos serviços ofertados pelo Cras, pelo Creas, em auxiliar a gerar renda, inserir as famílias no mercado de trabalho, em cursos de qualificação profissional, entre outros. A equipe discutiu a criação de um programa que visa à qualificação profissional, a inclusão social dos usuários da política de Assistência Social, para proporcionar as famílias atendidas nos serviços sócios assistenciais qualificação profissional, aprendizagem e para gerar renda”, salienta. 


O projeto foi apresentado a todos os presentes, que tem como objetivo atender o público alvo da Assistência Social.