A Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo iniciou no dia 07 de outubro e se estenderá até o dia 30 de novembro de 2019. O Sarampo é uma doença altamente transmissível, que pode se apresentar de forma grave, causando cegueira, diarréia grave, encefalite, pneumonias graves e até levar a morte. O Brasil é um país que foi considerado livre do vírus do Sarampo em 2016. Porém, em 2018, novos casos começaram a surgir e se espalhar pelo território. Em Santa Catarina, até o início do mês de Setembro de 2019, foram registrados 22 casos, e muitos casos estão em investigação. Cada doente pode infectar de 12 a 18 pessoas não vacinadas.


Devido a esse cenário, o Ministério da Saúde desenvolveu uma Campanha Nacional Seletiva de Vacinação contra o Sarampo, sendo que essa acontecerá em duas etapas: 1ª Etapa - de 07 a 25 de outubro – Dia “D” 19 de outubro (sábado), para crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias. 2ª Etapa – de 18 a 30 de novembro - Dia “D” 30 de novembro (sábado), para adultos jovens de 20 a 29 anos.


Além dos jovens de 20 a 29 anos alvos da Campanha, os adultos de 30 a 49 anos também precisam ter recebido pelo menos uma dose da vacina contra o Sarampo, podendo na oportunidade orientar os mesmos também a comparecerem na Sala de Vacinas para atualizar seu cartão de vacinas.


A Sala de Vacinas funciona no Centro de Especialidades (próximo a Igreja do Bairro N. Divinéia), com atendimento das 07h30 às 11h30 e das 13h às 17h, sendo que nas quintas-feiras, atende até às 19h. Nos Sábados “D” (dias 10/10 e 30/11) o atendimento será das 8h às 17h.


Assim sendo, os adultos trabalhadores das empresas, poderão comparecer na Sala de Vacinas nos dois Sábados “D” de vacinação para facilitar o seu acesso, tendo em vista os seus horários de trabalho.


Além dos jovens de 20 a 29 anos alvos da Campanha, os adultos de 30 a 49 anos também precisam ter pelo menos uma dose da vacina contra o Sarampo, podendo comparecer na Sala de Vacinas para atualizar seu cartão de vacinas.