No último domingo (02), a Liga Catarinense se sagrou campeã do 1º Brasileiro de Seleções de Ligas de Futsal. Dentre os representantes da seleção catarinense estavam três atletas da Pinhalense Futsal, Maizena, que foi eleito o melhor goleiro da competição, Leandro e Seco, além do técnico da equipe Lewis Heineck.

A competição foi disputada em Seara, e contou com a participação de sete seleções de todo o país, tendo duração total de 10 dias. Com campanha quase impecável, a Liga Catarinense conquistou seis vitórias e teve apenas uma derrota na competição. Na final, venceu a Liga Gaúcha pelo placar de 3 a 0.

O técnico da Pinhalense Futsal e treinador da Liga Catarinense na competição, Lewis Heineck, conta que não tinha noção exata do nível da competição até chegar para a disputa do torneio. "Dentre todas as equipes, a nossa era a única em que os atletas não são exclusivamente profissionais do esporte, ou seja, trabalham em outros empregos e treinam em um período do dia. As outras, todas com atletas profissionais, que vivem disso." Ainda cita que ele e os atletas ficaram muito honrados em participar do torneio, e que é uma forma de reconhecimento pelo ótimo ano que tiveram pela Pinhalense.

Lewis ainda relata que, por ser a primeira edição da competição, havia uma desconfiança quanto à organização do evento. Porém, logo após o primeiro dia, com as seleções chegando e os atletas focados e o público de todo o país acompanhando através das transmissões online, a desconfiança sumiu. "Hoje, o Brasileiro de Seleções veio para ficar, e muitas seleções que não vieram estão se mobilizando para o próximo."

O técnico agradece ao Governo Municipal, aos atletas da Pinhalense Futsal, e aos diretores da equipe Sérgio Mazzoneto, Flávio Both e Rodrigo Roos, que foram essenciais para tornar a convocação possível. "Ao vencer, colocamos o nome de Pinhalzinho, da Pinhalense e nosso na história do futsal do país. Fiquei realizado em ver meus atletas (Maizena, Leandro e Seco) participando desse feito. Ficará para sempre em nossa memória. E a melhor parte, é que colocamos Pinhalzinho no cenário nacional, com pessoas que escolheram essa cidade para viver, com três pinhalenses e um de coração, mostrando que temos trabalho de altíssima qualidade aqui, mesmo que não estejamos nos grandes centros.", completa Lewis.